em busca dos ofícios tradicionais

Nossa equipe visitou marcenarias, carpintarias e serralherias de Paraty para pesquisar, registrar e catalogar modos produtivos locais

Como parte do trabalho de reconhecimento, registro e catalogação de modos produtivos tradicionais de Paraty, a equipe do Museu do Território de Paraty deu início, em fevereiro, à identificação dos profissionais que trabalham com madeira e metais.

Em 12 entrevistas realizadas em marcenarias e carpintarias locais, observou-se que os conhecimentos do ofício, na maioria dos casos, são transmitidos no âmbito familiar, já que não há no município formação técnica voltada à lida com a madeira.

Nas serralherias, a relação de parentesco também pareceu predominar na transmissão das técnicas de trabalho. Nessa primeira etapa, foi feito o levantamento de dados preliminares, além de um primeiro registro fotográfico dos profissionais e estabelecimentos visitados.

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.