placas comemorativas

  • @ walter craveiro

Como parte do programa de História Oral do Museu do Território de Paraty, quinze placas com depoimentos de moradores da cidade foram instaladas em diversos pontos do Centro Histórico, sobre muros construídos nos anos 1970, durante o processo de tombamento.

Os depoimentos registram histórias sobre a vida em Paraty antes da construção da Rio-Santos, em meados do século 20, narradas em primeira pessoa pelos entrevistados. Juntas formam um pequeno roteiro, que começa no muro do Iphan e termina na quadra da Praça da Matriz (ver mapa abaixo)

Este projeto foi idealizado pelo Museu do Território de Paraty em conjunto com o Iphan e aprovado pela Prefeitura de Paraty por meio da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente.

150619_mapa paraty-04

1 – Ditinho Canoeiro (Paraty, 1937)
2 – Mané Rita (Paraty, 1919)
3 – Orlando Callegario (Vargem Alta – ES, 1923)
4 – Geisa Ramiro (Santo Antônio de Pádua, RJ, 1934)
5 – Antonio Conti, o “Comendador” (Paraty, 1929)
6 – Toninho Pinto (Paraty, 1930)
7 – Mané Rita (Paraty, 1919)
8 – Maria Rameck (Paraty, 1932)
9 – Maria Rameck (Paraty, 1932)
10 – Mané Rita (Paraty, 1919)
11 – Clélia Ramos (Paraty, 1938)
12 – Orlando Callegario (Vargem Alta – ES, 1923)
13 – Miltinho (Paraty, 1928)
14 – Geisa Ramiro (Santo Antônio de Pádua, RJ, 1934)
15 – Saporem (Itatinga, Paraty, 1939)

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.